Como Aumentar Drasticamente o Poder de Persuasão usando a Mágica

É visível o crescimento da procura por livros, vídeos, palestras e formas que ensinem técnicas para aumentar o Poder de Persuasão a fim de aprimorar a nossa comunicação.

“Não se tratava apenas de fazer truques. Trata-se de levar uma audiência para outro lugar, um lugar especial, para que eles realmente possam suspender sua descrença. É sobre surpreender o público, bem como movê-los.”

David Copperfield

Isso é um sinal de que cada vez mais pessoas sabem que ter um forte poder de persuasão pode ter grande influência em suas vidas.

Na procura por essas técnicas, encontramos excelentes dicas vindas de psicólogos, neurocientistas e empreendedores. Entretanto, na maioria das vezes esses conceitos só aparecem de forma teórica.

Então, por que não recorrer aos ensinamentos daqueles que além de conhecerem essas técnicas afundo, ainda têm uma vasta experiência aplicando-as? Sim, estamos falando dos Mágicos.

Para convencer alguém, você primeiro precisa de Atenção

Conseguir manter uma pessoa ou até mesmo uma platéia atenta a aquilo que você está falando é um grande desafio.

As pessoas se distraem facilmente, qualquer coisa que você disser pode levar a atenção de quem está te ouvindo para fora do foco de onde você pretende mantê-la.

O mágico Apollo Robins, famoso nas noites de Las Vegas, explica de uma forma simplificada como funciona o mecanismo da atenção e distração do nosso cérebro e como ele explora isso usando a mágica.

Segundo ele, a nossa atenção pode ser associada a um personagem chamado Frank, que seria uma espécie de “guardinha” dentro da nossa mente. Dessa maneira, quando ele faz uma pergunta para alguém durante uma mágica, faz com que o Frank ( atenção da pessoa ) se remeta a sua memória e perca força de percepção nos sentidos externos.

Assim, Apollo consegue realizar diversos truques como tirar algo da manga, trocar objetos de lugar ou até mesmo pegar algo do bolso da pessoa sem que ela perceba, como ele mesmo demonstra em sua palestra no TED Talks.

Entendendo melhor como funcionam os mecanismos que dispersam e prendem a atenção das pessoas, aumentamos significativamente o poder de persuasão que possuímos. Dessa maneira, podemos explorar isso durante uma mágica, uma palestra, negociação e até mesmo uma venda.

O Poder da Sugestão pode ser maior do que você imagina

Muitas vezes, quando assistimos a um truque de mágica, ficamos tão impressionados que criamos uma curiosidade enorme em tentar descobrir como o mágico realizou tal façanha.

Tentamos observar com mais atenção e criamos inúmeras teorias para tentar explicar como o truque foi possível. Mas, quando se trata de mágica a variedade de técnicas envolvidas em um número podem ser diversas. Entretanto, a sugestão demonstra ter uma forte influência sobre nossas escolhas.

Como os pesquisadores Stephen Macknik e Susana Martinez-Conde revelam em seu livro Truques da Mente, lógica matemática e uma simples sugestão escondida durante a fala é suficiente para induzir a escolha de alguém.

Eles explicam essa técnica através de um simples truque de Mentalismo que consiste em adivinhar o número escolhido por alguém mediante alguns passos.

Primeiramente é contado a pessoa que esse truque em geral funciona melhor com três ou sete pessoas, mas que pode funcionar com ela. Então é pedido para que ela se concentre e tente seguir as orientações da forma mais depressa possível. Os passos são:

  • 1º Passo: Escolha um número entre 1 e 50.
  • Mas há algumas regras com respeito à sua escolha.
  • 2º Passo: O número deve ter dois algarismos.
  • 3º Passo: Os dois algarismos devem ser ímpares.
  • 4º Passo: Um algarismo deve ser maior do que o outro.

E então, é revelado que o número em que a pessoa pensou foi 37.

Bom, agora você pode estar se perguntando se esse truque realmente funciona. Os autores do livro garantem que sim. Vejamos a explicação.

Primeiro é pedido que a pessoa escolha um número entre 1 e 50. Durante esse primeiro passo, a chance de acertar o número escolhido com um palpite é de 2%, uma probabilidade muito baixa. Após concluídas todas as restrições das etapas seguintes, os únicos números que podem ser escolhidos são: 13, 15, 17, 19, 31, 35, 37 e 39. Dessa forma, a probabilidade de acerto aumenta para 12,5%, porém ainda com pouca chance de sucesso.

Apesar da baixa probabilidade, o número escolhido será o 37. Segundo eles, as causas exatas do porquê da escolha desse número ainda são desconhecidas. Entretanto, eles sugerem que um dos fatores que induzem a escolha da pessoa é a introdução feita antes do truque. Nela, a pessoa é preparada para escolher o 37 quando é dito a ela que o truque funciona melhor com três ou sete pessoas.

Incrível, né? Esse é apenas um exemplo de como uma simples sugestão pode aumentar significativamente o poder de persuasão que temos.

Como o ‘Sutil’ pode ter grande influência sobre nossas escolhas

Jay Olson, mágico e pesquisador do Departamento de Psiquiatria da Universidade McGill, no Canadá, demonstra em um estudo utilizando-se de um truque de mágica, como uma simples variação no tempo de exposição de uma carta induziu quase todas as pessoas da amostra do estudo a escolherem a carta sugerida.

No experimento, Jay folheia rapidamente um baralho diante de um voluntário e logo após pede para que o mesmo escolha uma carta. Em seguida, ele retira do bolso a mesma carta escolhida pela pessoa.

O mágico explica que durante a manipulação do baralho, ele deixou com que uma carta ficasse exposta milésimos de segundo a mais diante do voluntário e que essa mínima diferença foi o fator que induziu a pessoa a escolher esta mesma carta.

Jay realizou o experimento com 105 participantes, dos quais 103 escolheram a carta induzida por ele, mostrando que realmente podemos ser facilmente influenciados por ações tão sutis.

O Poder de Persuasão e seus Segredos

Apesar da vastidão da internet, não é tão simples achar essas técnicas, até porque se todos as conhecerem, a mágica perde seu encanto. A melhor forma de ter contato com esse conhecimento, é conhecendo algum mágico que esteja disposto a te passar todos esses segredos ou simplesmente poder aprender formalmente, ou seja, com um curso.

Ter o Poder de Persuasão optimizado e sugerir uma ideia para alguém da melhor forma possível exige treino, percepção de comportamento além de uma boa comunicação. E apesar de todas essas técnicas, a mente humana é muito vasta e ainda há muito o que se aprender e estudar sobre os mecanismos de escolha e tomada de decisões do nosso cérebro.