Descubra os primeiros passos para se tornar um mágico

Primeiros passos para se tornar um mágico

A mágica sempre mexeu muito com o imaginário de todas as pessoas. A capacidade de fazer coisas que “pessoas normais” não conseguem e encantá-las com isso é algo que desperta o desejo de muitos.

Nomes famosos como Criss Angel, David Blane, David Copperfield, Jerome Murat, Dynamo, e até mesmo Mr M (aquele que irritava nós mágicos demonstrando como seus truques eram feitos, fazendo com que eles tivessem que inventar novas mágicas) despertam a admiração de muitas pessoas que desejam um dia entrar nesse mundo da mágica.

Você é uma delas? Porém não sabe como começar?

Primeiros passos para se tornar um mágico

1. Estude. Estude muito. Muito mesmo

Entrar para este mundo de mágicos não é fácil. São diversas técnicas que vão se aprimorando e se aperfeiçoando cada dia mais. Por isso você não pode dormir no ponto e aprender cada uma delas. E para isso é preciso estudar muito.

Veja outros mágicos. O que não falta são vídeos de caras talentosos, como os que falamos ali em cima, para ver como eles realizam seus truques. Postura, feições, estilo, abordagem do público fazem toda a diferença para realizar um bom show. Se possível, também assista ao vivo algumas apresentações. Entenda como a atmosfera é montada. Observe.

Leia também bons textos e livros sobre o tema, que ensinem como você deve se comportar com o público, veja dicas de algumas mágicas. Recomendados esses livros para você começar a aprender:

  • Strong Magic – Darwin Ortiz;
  • Drawning Room Conjuring – Hoffman;
  • Curso Completo de Mágica – Mark Wilson;
  • Guia Definitivo da Mágica.

Faça cursos sobre o tema (que tal fazer o Magicando?). Lembre-se que quanto mais você souber, mais saberá inovar em seus truques.

2. Começando a praticar

Depois de estudar bastante, chegou a hora de começar a praticar algumas para se tornar um mágico. Kits de iniciantes são basicamente para crianças, então não se apegue a eles. Comece com o básico, com o simples. Afinal, você é iniciante, tem que ter humildade para saber que os grandes truques de ilusionismo requerem muito tempo de dedicação e de prática para que possam ser feitos corretamente.

Uma opção neste momento é pedir para que um mágico profissional lhe oriente, para que possa indicar onde você está errando, o que deve melhorar, dar pequenos toques para que a sua apresentação realmente encante as pessoas. Lembre-se de ouvir. Um bom iniciante é aquele que está receptivo para ouvir críticas.

Não escolha para começar com truques óbvios. Tirar lenços da manga, coelhos da cartola já são extremamente batidos. Nem tudo que é simples é óbvio. Modifique alguns desses “batidões”. Você pode não tirar o coelho de uma cartola, mas pode fazer ele surgir em outro lugar menos óbvio, por exemplo.

Treine a flexibilidade das mãos, braços e dedos, para facilitar que objetos sumam neles. Lembre-se que isso é essencial para truques pequenos.

3. Construindo a atmosfera

Além de praticar os truques, coloque em prática técnicas de teatro. Afinal, bons shows são aqueles em que o mágico consegue envolver a plateia não só com a técnica, mas com toda a atmosfera que cria. Lembre-se que bons profissionais nessa área são também bons atores.

Faça seu próprio equipamento, ou então procure casas de mágica para consegui-los. O figurino também deve ser bem peculiar, afinal, a aura do mágico também está em sua forma tão especial de se vestir. Lembre-se que paletós, jaquetas e outras roupas que for usar devem ter muitos bolsos internos para fazer objetos sumirem, mas também devem estar devidamente escondidos. Não se esqueça de que conforto também é fundamental, ou você pode acabar perdendo parte de sua performance com incômodo.

Caso vá fazer truques que não tenham falas, escolha músicas interessantes como fundo musical. Elas devem ser envolventes, animadas e que criem uma sensação de suspense.

4. Conseguindo as primeiras apresentações

Uma das coisas mais difíceis para se tornar um mágico bem treinado é conquistar espaço para fazer suas apresentações. Por isso, comece apresentando para amigos e familiares. Eles poderão lhe dar também feedback sobre o que pode ser melhorado ou não. Com essas pequenas apresentações para seu ciclo social, você vai desenvolvendo a sua segurança, algo fundamental para grandes apresentações.

Quando já tiver bem seguro e tiver aperfeiçoado as suas técnicas, que tal levar seu trabalho para as ruas, apresentando para pessoas aleatórias? É uma forma de se tornar conhecido por pessoas fora do seu ciclo social. E se você tiver uma apresentação diferenciada, pode ser que uma dessas pessoas grave em seu celular a apresentação e comece a divulgar pela internet. Ou seja, maior visibilidade para você.

Divulgue seu trabalho, faça pequenas apresentações em festas, construa um bom networking e as oportunidades irão surgir! Depois disso, com certeza você com certeza vai se tornar um ótimo mágico.

Curtiu os primeiros passos para se tornar um mágico? Então, que tal começar fazendo o nosso curso de mágico? Ficou alguma dúvida? Deixe nos comentários!

Metodologia Magicando

Mágica Grátis

8 thoughts on “Descubra os primeiros passos para se tornar um mágico”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *