Mágico Infantil: Orgulho de ser mágico para crianças


Mágico Infantil

Muitos mágicos se sentem extasiados por trabalharem apenas com crianças. Suas apresentações normalmente são em ambientes circenses e festas infantis. Apesar de alguns profissionais e até leigos discriminarem esse tipo de mágico, julgando o profissional como um mero recreador infantil, fazer apresentações para crianças deve, sim, ser motivo de orgulho.

Abaixo, mostramos vantagens e diferentes entre o mágico infantil e os mágicos que lidam com público adulto:

Mágico Infantil

A magia brilha no olhar da criança

Enquanto os adultos veem um espetáculo de mágica com desconfiança, tentando descobrir qual o truque que está por trás da apresentação, a criança se encanta com absolutamente tudo. Para ela aquilo é realmente mágica, algo especial e possível de ser feito. Elas apreciam o espetáculo sem intenção em revelar o segredo do truque.

Nada paga o brilho no olhar de uma criança ao ver que uma moeda sumiu bem debaixo do nariz dela, que foi possível tirar lenços de dentro de uma bolsa vazia ou uma cenoura de dentro do seu ouvido. Nunca será chato ou previsível ver um coelho ssair da cartola. Todas as mágicas serão especiais.

Para a criança tudo é novidade e, por isso, ficam facilmente encantadas. O mágico aparece como alguém capaz de realizar façanhas extraordinárias que qualquer outra pessoa não seria capaz.

O feedback

As crianças oferecem um feedback muito melhor para o mágico do que os adultos, que disfarçam as reações devido à maior preocupação com a falha do que com o espetáculo.

As crianças possuem reações muito mais espontâneas. Se elas não gostarem de um truque, acredite, você vai saber. É muito mais fácil mensurar se está indo no caminho certo.

O carinho dado pelas crianças é um ponto positivo. Abraços, beijos e risadas não vão faltar. Qualquer mágico infantil se sente realizado se faz um bom trabalho.

Diferenças entre os truques

Crianças preferem truques fáceis e rápidos. Se o mágico infantil começa a mirabolar muito, ela perde o foco e não quer mais saber do truque. Ilusionismos simples, que não envolvam muito raciocínio ou escolha das crianças e que possuam muitos atrativos visuais são ideais para elas.

Adultos assimilam qualidade de mágica com complexidade. Tirar fitas da boca ou rasgar e reconstituir o jornal são truques extremamente batidos. Além disso, a maioria dos adultos já sabe como estes truques irão terminar, então acabam não se surpreendendo. Já para crianças tudo é novo, tudo é extremamente mágico.

A velha história de “é fácil ser mágico infantil”

Não é porque os truques para crianças são menos complexos que ser mágico infantil é tarefa fácil. Lidar com crianças exige treinamento. É necessário desenvolver a melhor linguagem, descobrir métodos de chamar a atenção da criançada e fazer com que a apresentação não seja melosa ou entediante.

Lidar com um público que pensa e age completamente diferente de você não é simples. Truques feitos repetidamente também desinteressam as crianças. É preciso inovar sempre por que o próprio perfil de criança muda a cada geração. Por isso o mágico infantil tem tanta ou mais dificuldade em seu trabalho do que o mágico que trabalha para o público adulto.

O truque final da Magicando é derrubar os estereótipos. Quem trabalha com crianças merece respeito pelo esforço e talento. Então, você já pensou em ser mágico infantil?

Metodologia Magicando

Mágica Grátis

Leave a Comment