Eric Mead

Eric Mead e a Magia do Efeito Placebo

Eric Mead explica como funciona o efeito placebo e como ele está presente na mágica.

O mágico, mentalista e comediante Eric Mead em sua palestra no TED Talks, explicou como funciona o efeito placebo através de um incrível truque de mágica.

Mas, você sabe o que é um placebo?

Os placebos são definidos como um fármaco, terapia ou procedimento inerte, que apresenta, no entanto, efeitos terapêuticos devido aos efeitos psicológicos da crença do paciente de que ele está a ser tratado.

Em outras palavras, é basicamente um medicamento que não possui efeito, mas que devido a crença do paciente de estar tomando um remédio efetivo, acaba tendo efeito terapêutico. E esse é o efeito placebo.

E como Eric Mead apresenta esse efeito?

Bom, primeiramente ele conta que ficou intrigado após ler um estudo científico que mostrava que o efeito placebo era gradativo.

Ele afirma que na pesquisa é mostrado que se você testa o placebo através de uma simples pílula branca, como uma “aspirina”, ela tem um efeito.

Mas, se você testa o placebo com uma pílula menor, de cor azul e imprime uma letra nela, o efeito fica significativamente mais eficaz. E se você quiser o máximo de placebo, então você o testa através de uma falsa injeção que o efeito será ainda maior.

A Magia do Placebo

O mágico Eric Mead realiza dois truques de mágica para demonstrar como funciona o efeito placebo.

No primeiro truque ele faz com que uma faca fique “grudada” em sua mão através de eletromagnetismo. Contudo, logo em seguida ele revela ser apenas um truque onde segura a faca com um dedo escondido.

Agora a parte mais impressionante é o segundo truque, Eric afirma que atravessará o seu braço com uma agulha na frente de todos.

Então, ele pega a agulha, a esteriliza e se prepara. Sem que possamos ver ele a atravessa por sua pele, só que diferentemente do primeiro truque, dessa vez o braço é virado para a plateia mostrando que de fato a agulha está alocada em seu corpo.

A platéia fica em choque, o truque causa agonia em algumas pessoas. Eric Mead propõe que muitos ainda podem questionar se a agulha realmente foi enfiada em seu braço, já que não há sangue.

Então, ele começa a mexer os dedos e movimentar a agulha, a fim de que o sangue saia e ele possa provar para as pessoas a veracidade do que está acontecendo.

Assista a palestra para conferir esse truque.

Como o truque foi feito?

Bom, para dar esse efeito ele usa uma agulha de sangue teatral e uma pequena quantidade de adesivo, como cimento de borracha.

O talão no final da agulha é oco e feito de borracha para que ele possa conter o falso sangue. A agulha tem um canal até um pequeno orifício em seu lado através do qual o “sangue” pode sair.

Quando o mágico esteriliza a agulha, ele passa nela um pouco de cola adesiva. Assim que isso foi feito, ele encena estar enfiando a agulha em seu braço, mas por trás, dobra os dois lados pele sobre a agulha.

Então, quando o mágico precisa mostrar que há sangue, ele mexe a agulha e ao mesmo tempo pressiona o talão para que libere o líquido falso, dando a impressão assim que ele realmente perfurou seu braço.

Veja o próprio Mister M explicando esse truque

Conclusões de Eric Mead

Bom, se você assistiu a palestra, viu que Eric sai do palco sem retirar a agulha de seu braço e sem explicar exatamente o porquê de tudo aquilo.

Mas tudo isso tem uma explicação.

Essa palestra aconteceu no primeiro de três dias de palestras que iriam ocorrer para o público.

O mágico realizou o truque para que nos próximos dias em que ele se encontrasse com as pessoas que o assistiram, ele pudesse ver que mesmo sabendo que aquilo era apenas um truque, as pessoas ainda sim pediriam para verificar o seu braço.

Com isso, Eric Mead tenta mostrar que mesmo quando sabemos que algo é falso, ainda sim podemos reagir a aquilo como se fosse real.

E a mágica funciona da mesma forma, quanto maior é o teatro, mais intensas são as ações e os indícios de que o truque é real, mais as pessoas acreditam e sentem os efeitos reais, ainda que seja apenas uma ilusão.

Isso revela que uma boa mágica se aproxima ao máximo da realidade para que a crença das pessoas a acompanhem da mesma forma, causando os efeitos e reações que fazem da mágica algo incrível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *